55 11 3845.4370
align box

A Grau

HISTÓRICO

  F undada em abril de 2005, a Grau Gestão de Ativos tem por objetivo buscar a excelência na gestão de recursos de terceiros, utilizando avaliações técnicas e fundamentalistas, respaldadas por um rígido controle de alocação de risco e uma política de compliance muito clara e incorporada por todos os colaboradores da empresa, propiciando total transparência às suas atividades.

O consenso e a disciplina são determinantes para manter a agilidade e assertividade na tomada de decisão na gestão dos ativos. Nossa equipe é formada por profissionais com reconhecida experiência no mercado financeiro e total dedicação no cumprimento do objetivo da empresa.

A autonomia e independência da nossa área de Risco e Compliance, possibilita o comprometimento de todos os profissionais da empresa no cumprimento dos nossos controles e procedimentos internos. A performance dos nossos produtos tem-se destacado pela capacidade de gerar retorno acima do CDI, principalmente através de estratégias no mercado de Renda variável.

Com foco nas necessidades de nossos investidores e parceiros, a Grau Gestão busca estruturar as melhores soluções de investimentos e prioriza um atendimento qualificado e exclusivo, garantindo um relacionamento profissional, harmonioso e de longo prazo. Nós estabelecemos uma relação de parceria com nossos clientes, compreendendo as suas necessidades e estruturando as melhores soluções de investimento.

Desenvolvemos um alto nível de profissionalismo e integração do conhecimento, refletindo um melhor controle do nosso desempenho. A transparência e a confiança são determinantes para a nossa área comercial desenvolver relacionamentos sólidos e de longo prazo.

A constante inovação tecnológica possibilita unir todos os diferenciais da Grau Gestão e transformá-la em uma das gestoras com maior destaque na indústria de fundos no Brasil.

FILOSOFIA E PROCESSO DE INVESTIMENTOS

  D urante o processo de investimento, avaliamos a situação do mercado de capitais e as condições macroeconômicas. Quando identificamos uma provável oportunidade, realizamos a avaliação dos riscos existentes na posição e esquematizamos uma estratégia em linha com a filosofia da empresa.

Com a proposta, realizamos um estudo fundamentalista e/ou quantitativo, com a intenção de avaliar o retorno potencial. Buscamos equilíbrio entre concentração e diversificação de ativos para otimizar a relação entre risco e retorno mantendo disciplina com a política de investimento e mandato de cada produto. Adotamos conservadorismo e parcimônia na entrada e saída das estratégias, visando obter a melhor relação de preço médio e aprimorar o conhecimento do comportamento do ativo negociado no mercado.

No entanto, não afastamos as oportunidades de curto prazo, pois acreditamos que existem períodos em que a alocação de recursos em investimentos de curto

prazo proporcionam melhor rentabilidade. Isso ocorre em conseqüência de mudanças nos fundamentos econômicos, que decorrem em indefinição nos preços dos ativos e no aumento da volatilidade do mercado. Enfatizamos a procura por ineficiências do mercado, que permitam a arbitragem no curto prazo. Sempre que conveniente, utilizamos instrumentos que auxiliam na alavancagem ou proteção do investimento.

Nós realizamos o investimento baseado em valor, no qual, os ativos irão refletir os fundamentos no decorrer do tempo. Privilegiamos empresas negociadas a baixos múltiplos e com alta liquidez.

Também realizamos diariamente duas reuniões de caixa (manhã e tarde) onde os gestores debatem as notícias nacionais e internacionais, tendências de mercado, estratégias e impactos nos  fundos. Em seguida, os gestores analisam as operações dos fundos e definem as ações para a gestão.

CONTROLE DE RISCO

  S omente com um gerenciamento efetivo de riscos é que resultados consistentes podem ser obtidos. Por gestão de riscos, entendemos não somente a utilização de sistemas e processo que envolvam riscos de mercado, mas também riscos operacionais. Acreditamos que o fator fundamental na gestão de recursos de terceiros é a confiança, por isso realizamos o controle do risco inerente aos nossos investimentos, visando a proteção do capital dos investidores.

 Embora existam diversos procedimentos e ferramentas para o controle do risco, sabemos que os modelos de gestão de risco possuem vantagens e desvantagens. Por isso não nos esquivamos da volatilidade dos preços no curto prazo, que proporcionam excelentes oportunidades para os investidores e deve ser vista como uma fonte de retorno.

Nossos controles:

  • Limite de tamanho das posições em um determinado ativo em relação ao volume médio diário negociado;
  • Horizonte de liquidação das posições;
  • Value at Risk: perda máxima esperada num dado intervalo de tempo, a um dado nível de confiança;
  • Stress Analysis: analisar o comportamento da carteira em cenários de crises;

  • Stop Loss: limite de perda financeira por estratégia estabelecida no Comitê de Investimento;
  • Aplicação de testes periódicos de segurança para os sistemas de informações;
  • Segregação das funções entre as áreas de controle, possibilitando sempre uma dupla checagem das operações realizadas;
  • Segregação de atividades de modo a evitar conflitos de interesse;
PROFISSIONAIS
Carlos Augusto Levorin - Portfolio Manager

Formado em Ciências Econômicas pela Universidade Mackenzie de São Paulo em 1982. Iniciou suas atividades no mercado de ações em 1981 no Banco Bradesco de Investimentos, onde permaneceu até 1989. Atuou no Banco Fator como gestor até 1993 para fundar a Síntese Corretora de valores S/A. Após a venda da Síntese S/A fundou a Oryx Asset Management Ltda., sucedida pela Grau Gestão de Ativos Ltda.

Álvaro Almeida - Diretor Compliance

Formado em Propaganda na ESPM , sempre exerceu atividades relacionadas a publicidade, marketing e radiodifusão.  Além de Empresário atuante na área de Mídia, exerceu cargos diretivos no Sistema Brasileiro de Televisão e na Editora Caras, além de ser conselheiro em diversas instituições.

       
Scroll to Top